Início

Este site é executado a partir de Petrópolis-RJ. O Instituto Roberto Costa – Centro de Estudos e Pesquisas Homeopáticas de Petrópolis, fundado em 1981 pelo médico homeopata Roberto Andrade da Costa (Dr. Roberto Costa)  é uma institutição pioneira na prática da Naturopatia  - Práticas Integrativas e Complementares em Saúde - no SUS enfocando, principalmente a Homeopatia e os Nosódios. Estamos cadastrados no CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde ) do Ministério da Saúde, já tendo realizado mais de 30000 consultas nos últimos 10 anos.

A Homeopatia é uma Racionalidade Médica complexa que trata as doenças pelo princípio da semelhança. Toda a Homeopatia está baseada no poder dinâmico que as substâncias têm de alterar a saúde das pessoas. Ao traduzir a Matéria Médica (textos que descreviam as propriedades medicinais das plantas) de Cullen, médico naturalista inglês que pesquisou plantas medicinais da amazônia, Hahnneman observou que a experimentação da quinina deflagrava sintomas (febre intermitente) semelhantes ao paludismo  (como era conhecida a malária na época). Conhecedor dos princípios postulados por Hipócrates Similia Similibus Curanter (Semelhante Cura Semelhante), Vis Naturae Medicatrix (força curativa da natureza capaz de provocar no organismo  seus mecanismos naturais de defesa) e também da Doutrina das Sinaturas de Paracelso (doutrina que buscava a cura das doenças  através do conhecimento dos sinais e característica das plantas) d.Nasceu na Alemanha pelo médico Samuel Hahnemann e chegou ao Brasil nas mãos do médico francês Benoit Mure. Sua utilização é preconizada pela Organização Mundial de Saúde-OMS através de seu departamento de Medicinas Tradicionais. Os medicamentos homeopáticos são diluídos e dinamizados e são apresentados para uso interno sob a forma líquida, em tabletes, glóbulos e comprimidos, sendo utilizados também por via externa através de cremes ou pomadas.

Os Nosódios ou Bioterápicos também surgiram na Alemanha com o veterinário Jaahr Lux que após tomar conhecimento de uma nova medicina chamada Homeopatia, resolveu tratar de animais atingidos por mormo e carbúnculo , com muco nasal e sangue dos animais atingidos pela doença, preparando os medicamentos segundo a técnica de diluição homeopática. Batizou o medicamento de NOSODIO. O sucesso se espalhou pela europa sendo a técnica conhecida como isopatia. Foi amplamente difundido no Reino Unido (Nosódios de Bach) e na França (Bioterápicos e Organoterápicos). A França foi a pioneira na utilização de microrganismos lisados e de órgãos e tecidos de porcos  para preparação de Bioterápicos. No Brasil o precursor da técnica foi Licínio Cardoso, mas o grande avanço aconteceu na década de 60 com o Dr. Roberto Costa que propõe a preparação dos Nosódios ou Bioterápicos a partir de microrganismos vivos e de órgãos e tecidos humanos. Roberto Costa, com seus nosódios vivos, foi considerado o precursor da chamada VACINA HOMEOPÁTICA sendo conhecido no meio acadêmico como o “Sabin” da Homeopatia.

O Instituto Roberto Costa trabalha com os Nosódios no Programa Saúde da Famíla-PSF desde 2005, imunizando crianças contra infecções respiratórias agudas de origem viral e bacteriana,  seguindo a proposta  da Chamada Homeopatia Escola Brasileira – HEB, publicada e editada por Roberto Costa em seu livro Homeopatia Atualizada.

Os comentários estão encerrados.